terça-feira, 14 de setembro de 2010

MANZANEDA ... diversão máxima

Domingo estivemos no Bike Park de Manzaneda para um dia fantástico de pura diversão.
Tal como no ano passado, começamos por descer uma vez em cada uma das 6 pistas, uns para conhecer outros para reviver e depois repetimos as mais divertidas.

Não estou certo, mas acho que descemos 13 vezes, e não houve nenhum azar!

Vucão Mobile carregado com 4 biclas quase a chegar à estância. Este ano fomos por um caminho diferente, muito mais perto e bastante mais rápido.
O Grupo 2010: Cláudio, Miguel, Meskita, Keitas, Vulcão e Atinamen (esquerda para a direita)
Uma foto do grupo a meio do dia, já com os níveis de adrenalina muito elevados!

Hoje optei por dar um novo formato à apresentação das fotografias. Agrupei-as por biker:


CLÁUDIO PINTO (Robocop)
Hoje com o equipamento de protecção mais coberto
Seu primeiro salto ... muito a medo (ou com muito medo) ...
Mas depressa o perdeu, e logo partiu para coisas mais radicais
Repetindo-as
Depois deste disse: - Isto é alto, car#*!.o
Na esteira estreita optou pela alternativa
A terminar mais uma descida.
De facto o Cláudio hoje esteve um pouco contraído ... o peso da responsabilidade!


FILIPE SILVA (Atinamen)
Atinamen parecia um polícia do filme Espaço 2010 ...
E todos começamos neste salto ...
Uma zona mais técnica da nova pista "Rochas"
No salto do novíssimo GravityPark Moongose
No fantástico gap das esteiras
Novamente
Lá em cima outra vez e de outro ângulo
Esta pedra é de cortar a respiração ... lá em cima a inclinação é grande, não se vê onde vamos cair e o salto é o que se vê ...
Atinamen estava na lua, à muito tempo que desejava passar um dia a saltar e para isso nada melhor que Manzaneda.

No final dizia: - Estas bikes (quer dizer: a minha bike) são fantásticas ... é impressionante o que podemos fazer com elas!


RUI LEAL (Meskita)
O nosso Rock Star, mais star que rock ...
Quando ainda estávamos todos a olhar para o tamanho da coisa já ele lá andava ...
A mostrar como se faz ... e a malta atenta a tentar aprender
Mas neste hesitou ... é muito alto!
Mas lá foi ...
... várias vezes
Na esteira estreita
Num novo salto junto à esteira da curva alta
Na saída dessa mesma esteira
A voar!
Outra vez a voar, no salto do caminho junto à chegada
Na pedra
Um salto novo na pista Carqueixa
No mesmo salto.
A presença do Meskita é fundamental nesta actividade, sem o seu apoio e preciosas indicações fazíamos metade.

Obrigado mestre!


MIGUEL (A Mascote)
A escassos dias de completar 14 anos, o Miguel mostrou que apesar da tenra idade é um rapaz responsável, cuidadoso e com muito potencial.
Seguiu sempre à risca as instruções do Mestre Meskita
É fabulosa a forma suave como aterra, mesmo nestes saltos gigantes
...
Tudo parece mais fácil depois do Miguel passar
Estávamos todos a admirar o miúdo
O sentido de responsabilidade também se vê pelo equipamento de segurança que usa
Na esteira estreita
Na esteira da curva alta
A voar no Gravity Park ...
... e no salto longo do caminho
Na pedra
Na pista Carqueixa.
Miguel: um miúdo do melhor!


PEDRO CAETANO (Keitas)
Levei uma Intense Uzzi a estrear, cortesia da BikeZone, um maquinão.
As recepções dos saltos foram hoje muito mais suaves que o habitual
Um dos meus pontos favoritos
O Gravity Park é também um dos locais mais interessantes da estância
A minha melhor fotografia (obrigado Filipe)
Depois deste salto diz-me o Miguel: - Você salta bem. Devagarinho mas aterra suavemente!
Esperto, este rapaz ... eh!eh!eh!

Este salto era traiçoeiro, na recepção tem um grande degrau seguido de uma curva 90º, quase me mato contra uma árvore ...
A pedra da Penha é metade desta.
Um dos novos saltos da pista Carqueixa.

ANDRÉ FERNANDES (Vulcão)
Começo quase pelo fim ...
... pelas fotografias envidas pelo pessoal de Verin
Logo na primeira descida o Vulcão mostrou que hoje o objectivo era levar os níveis de adrenalina ao vermelho
Os saltos apreciam e ele fazia-os como se fosse habitual andar por ali ...
Saltos como este bastava ver o Meskita fazer, que logo vinha o Vulcão, às vezes nem o Miguel os fazia
Na parte da manhã, só o trio maravilha (Vulcão, Meskita e Miguel) é que saltou a pedra
Foi lá cima ...
... foi ganhar lanço ...
... mas não foi!
Não demorou muito. Na descida seguinte o Miguel saltou e o Vulcão não hesitou mais ...
... aqui tremia ... de emoção ou felicidade!
Mais um
E outro
Fantástico
Na esteira
Outra fantástica.
Segunda passagem na pedra
Em grande estilo!
Reload
De facto, como diz o Atinamen, hoje foi o dia do Vulcão, parabéns!

Termino com esta bonita coreografia dos primos, no Gravity Park Moongose
Agradecimentos especiais ao Meskita, também pelo trabalho a reparar o amortecedor do Cláudio e ao Vítor Sá, uma das grandes ausências, pela Uzzi
Eu e Cláudio terminamos o dia com muita classe, viajando sem capota até Guimarães sempre com temperaturas acima dos 25º, não podia ter sido melhor!
No carro da frente, ainda rolávamos na montanha e já se dormia pesado!

Esta actividade já tem presença obrigatória no programa do Sempreapedalar Syndicate 2011.


Não tenho o hábito de falar dos ausentes, mas neste caso não posso deixar de mandar um abraço de solidariedade ao Flecha.

Um comentário:

Vulcão disse...

Foi um domingo muito bem passado. Quando fizemos a primeira descida, nunca pensei que fosse dar aqueles saltos todos. Mas, depois de ver o Mesquita e o Miguel não resisti... Um coisa posso garantir, em termos de adrenalina, isto não tem nada a ver com o enduro. Houve alturas em que pensei que o coração fosse sair pela boca!
Já falei com o Vitor e já estou à espera da data para ir à Lousã.