domingo, 19 de novembro de 2017

O Jonny Jumper tem bicla nova!

Está quase ...
90% do Syndicate já está eletrificado, e tudo aponta para que dentro de semanas esteja a 100%.
Hoje foi o dia da apresentação da magnífica Trek Powerfly 2018 do JJ
Cá está!
Sorriso de orelha a orelha, o menino e o seu novo "engenho"
Presentes: Mestre Luiz, Meia Volta, Pegatinas, Jonny Jumper e eu
Fomos descobrir novos trilhos junto ao Rio Ave
Trek Team
Pegatinas
Passamos em trilhos bem bonitos
(o problema foi lá chegar ...)
JJ ainda em fase experimental ...

Trilho bem porreiro junto ao Rio
(pena não ter saída ...)

JJ na Ponte do Soeiro


Uma belíssima ponte sobre a Ribeira do Selho
(pena o avançado estado de degradação ...)
Caminho na outra margem da Ponte do Soeiro, muito bonito.

Outro trilho na margem esquerda do Rio Ave, muito bom!


Momento carinhoso do dia!
Quem??
JJ a fotografar e a babar ao mesmo tempo
La Máquina
Reforço alimentar já foi no regresso a Guimarães
No comments
Ainda a volta ia a meio e a bateria do Pegatinas já estava neste estado ...
Está visto que, em voltas mais alargadas, a presença do Cientista é fundamental.
Sra. do Monte
(Já sem o Meia Volta, isto porque já estávamos para lá de meia volta ...)

Terminamos com uma bela cervejinha na Praça da Oliveira, mais uma vez num belíssimo dia de sol.
Muito bom, é certo, mas a chuva tem de vir ...

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Workshop de trilhos

Hoje, os timoneiros decidiram trabalhar para o portefólio do syndicate e dedicaram-se à pesquisa de novos trilhos na zona Norte.
Rumo à Morreira, aproveitamos também para cheirar os já famosos trilhos de Sta. Marta, e pela amostra é terreno para explorar ainda mais a fundo.
Pena, mas muita pena mesmo, é estar tudo queimado, mas cá estaremos para desfrutar destes trilhos quando estiverem verdes.
Uma amostra das muitas subidas demolidoras feitas hoje
Tudo queimado ... desolador.

Terreno muito mole, que dificulta ainda mais o ascendente
Outra!
Saída do túnel no início de um fantástico singletrack 
Isto promete!
Depois da descida que se segue a este passadiço a diversão foi tanta que me esqueci que tinha máquina fotográfica comigo.
Vejam as cenas dos próximos capítulos ...

domingo, 29 de outubro de 2017

Sim Senhor, que volta!

O Objetivo era testar os limites das baterias, e para isso nada melhor que os magníficos trilhos de Fafe ...
Trialeiras duríssimas, descidas mágicas, carregar o piano, rir, chorar, comer, beber ... não faltou nada, foram 61 km com 1760m de acumulado de subida, em 6H15m.
O Mapa e respetivo gráfico
Presentes: Cientista, Vulcão, Meia Volta, Mestre Luiz, Nel, Pegatinas, e
Eu
Primeira descida, primeiro furo (ainda bem que único), quem mais?
Vulcão.
Pitstop a cargo do Mestre Luiz e Pegatinas
Primeiro de uma série de três, um deles acrobático.
Tantun verde Pegatinas!
Uma das várias zonas onde se carregou o piano
Duro, muito duro ...
Meia Volta e Vulcão com o alto patrocínio da Bell
Cientista aqui estava muito longe ...
Aqui era eu que estava fisicamente muito longe ...
Vulcão o espalha brasas
A melhor trialeira do dia, no ataque ao Marco Geodésico de Maroiço


O Homem e sua máquina (ainda com autocolantes)







Reparem no detalhe das duas coisinhas florescentes lá atrás ... o que será?
Dureza ...
Momento do dia:
Cientista e Pegatinas trocam as baterias. Uma excelente solução para gestão de grupo em longas distâncias.
Albufeira de Queimadela assustadoramente baixa.
Foi lançado o mote para muitas mais voltas neste modelo, e fica já a promessa que a volta dos preguinhos vai ganhar nova forma.