domingo, 14 de novembro de 2010

Sta. Marinha é sempre garantido

As voltas em Sta. Marinha são sempre muito boas.
Mas antes de começar tenho de terminar a volta pedindo desculpa ao Atinamen, Jonny Jumper, Zé Foguete e Catalan por não me ter despedido pessoalmente, mas já estava a contabilizar atraso ... por isso fica aqui a mensagem de despedida: "Abraço e até prá semana".
Há muito tempo que não éramos tantos, sete.
JJumper lá ao fundo a dizer: "presente!"
Passamos no grande salto da pista de Atães e o Vulcão brilhou (mais uma vez).
Flecha não fez por menos.
Marc o Catalan: sempre a pedalar bem disposto ...
Atinamen já precisava de ar ... e o seu pneu também!
Catalan a descer as pedras perseguido pelo Atinamen
E o Atinamen
Dantes aqui brilhava quem passava, agora penaliza quem não passa
Catalan
Atinamen
Foguete custou a arrancar ...
Viu o Flecha a passar ...
... e a brilhar!
... depois atirou-se ...
... pró buraco!
Reabastecimento na pedra do costume
Single da pedra está muito, mas mesmo muito sujo
Jonny Jumper
Catalan
Vulcão escorregou e ...
Flecha viu tudo, bem se nota na cara dele!
Catalan nestas pedras também ensaiou uma ida ao tapete
Vulcão, gosta mais de pedras do que de troncos molhados
Foguete tremeu mas passou
Não, não é na floresta amazónica, é na encosta Nascente do monte de Sta. Marinha, Guimarães, Portugal.
Peregrinação ao tronco
Sim, sim Vulcão, é para continuar a subir!
Sorriso do JJumper, que traduzido é: "se vocês tivessem de carregar este peso não tinham escolhido este trilho"
E lá continuamos a carregar o piano ...
Mais um sorriso do JJumper, mas este nem me atrevo a traduzir ...
Como já estávamos no redline o Atinamen furou, mas tal é o habito de mudar câmaras que demorou 5 min a reparar.
Boa volta: 33,5kms com 808m de acumulado.
Prá semana talvez Travassós (3ª tentativa!)

Um comentário:

Vulcão disse...

Até para a semana!