domingo, 13 de julho de 2008

Queimadela ao contrário - 13/07/2008

Este domingo decidimos fazer a volta da Queimadela ao contrário. De Guimarães compareceu: Eu, o Keitas, o Joelheiras e o Flecha; de Vizela: o Pedro Pinheiro e o César.

Preparativos, com o Joelheiras a tentar (nós não deixamos!!!) vestir uma camisola de cor duvidosa
A primeira parte do percurso foi feita em estradão para evitar as subidas mais ingremes. Em acção: Joelheiras, Flecha e Pedro Pinheiro...
... César e Keitas
Pedro no meio da vegetação
Eu, de roda no ar
Já faltava pouco para chegar à parte mais interessante
Novidade: o Keitas estreou as suas chuteiras novas Spiuk
O grupo em direcção às hélices
Acção: eu a fazer uma grande descida
O Flecha no meio das pedras e das silvas
Pedro a empurrar a sua Stumpjumper S-Works
Joelheiras no seu melhor, sob o olhar atento do Keitas e do César... sem comentários!
Rui sempre a pedalar no meio das pedras
Foto artística: Joelheiras
Keitas
Única contrariedade do dia: o Pedro partiu a corrente, mas foi fácilmente resolvido com um elo de engate rápido
Nas pedras o Rui seguiu à frente, seguido pelo Pedro
Eu no habitat que mais gosto
Por alguma razão ninguém veio por aqui....
Mais pedras
O Joelheiras hoje parecia outro homem, ...
... não se foram das críticas, mas o certo é ele esteve em grande nível!
Reforço
Specialized Stumpjumper S-Works 2008 do Pedro 
Timoneiro, GPS, Guia, ...
Foto de família: esq-dta: César, Augusto, Eu, Pedro Caetano, Pedro Pinheiro e Rui
Quando era para subir... toca a empurrar
César com os cavalos selvagens à sua frente
Mais pedras, mas agora a descer
Preparação, ...
... acção! Keitas a entrar na água,
e agora a pedalar 
Joelheiras
César muito seguro na abordagem da água,
e agora com pose
O Flecha fez jus ao nome e foi muito rápido,
grande entrada na água
Depois da sessão fotográfica, lá continuamos por caminhos verdejantes
Keitas no final de mais uma descida espectacular
Eu na abordagem de um salto muito louco (Augusto mais uma destas...)
Curva muito rápida
Para encurtar a volta, que já se fazia tarde, seguimos pela estrada, deixando para trás mais umas partes bem giras
Ainda fizemos uma perninha pelo caminho pedreste que vai ter à barragem
O caminho é giro, mas não é para se fazer de bicla
Já no cá em baixo, o Pedro na frente do Joelheiras
Foi pena estarmos com pressa e não termos feito o percurso que se tinha traçado, bem como não termos dado o mergulho da praxe! 
Fica a promessa que vamos voltar, com direito a tudo...

Um comentário:

JacPirata disse...

bom dia,
Sim senhor um paseio bastante agradevel, só faltou mesmo o banho. Conheço bem a barragem mas sinceramente nunca lá andamos de bike. Para a proxima avisem que tb apareço.

Um abraço